Carolina

Aos 14 anos, a Carol teve a sua primeira carteira de trabalho assinada.

Desde a adolescência, ela sabia que precisaria correr atrás para conseguir as coisas que desejava.

Quando descobriu que tinha passado para o programa de intercâmbio da UFRJ para estudar durante 1 ano letivo em Portugal, a Carol tinha exatamente 32 reais na sua conta. De cara, veio o medo e a insegurança de mergulhar em uma experiência que poderia não chegar até o fim. Mas encontrou incentivo na família e trabalhou muito para juntar o suficiente para viver 6 meses na Europa.

Chegando lá, no terceiro mês de estadia, já tinha conseguido um emprego que a ajudou a terminar seu período de intercâmbio.

Em 10 meses, a Carol conheceu o Porto, Veneza, Berlim, Bruxelas, Paris, Barcelona e várias outras cidades da Europa. Realizou um sonho e até mais do que tinha sonhado.

Para a Carol, mulher poderosa é aquela que traça uma linha reta em direção aos seus desejos. Que não deixa os medos e as dúvidas de lado, mas também não se deixa paralisar por eles.

Carolina é uma feminista capaz de conquistar o mundo.

2019-04-26T00:11:37-03:00