Denise

Denise é uma acumuladora de conquistas.

Aos sete anos, perdeu o pai de forma inesperada e teve na mãe o exemplo de força e coragem que ela, hoje, se tornou para o filho, Pedro.

Foi durante a gestação dele que a conexão entre mãe e filha precisou ser a base de tudo. Nesses 9 meses, a avó materna da Denise faleceu e a mãe foi diagnosticada com câncer. Eram a Denise e o Pedro (ainda na barriga) que a levavam nas sessões de quimioterapia.

O câncer foi superado e hoje elas moram na mesma rua, para continuarem cuidando uma da outra, como sempre foi.

Depois de viver dois relacionamentos com desfechos traumáticos, e até episódios abusivos e de gaslighting*, muita gente perguntou para a Denise como ela iria reconstruir a vida. A resposta? “Minha vida não tá destruída!”.

Para ela, que não se considera uma pessoa romântica, o fim de um relacionamento nunca foi um grande problema. É mais uma etapa. Faz parte.

E se você pensa que uma pessoa com tantas conquistas acumuladas não poderia escolher apenas uma para ressaltar, se engana. Para a Denise, sua maior conquista é saber que está criando o filho como um homem de valores e caráter. É ver que o seu esforço de educar o Pedro sozinha resultou num ser humano comunicativo, sensível e acima de tudo, feliz.

Denise é uma feminista inspiradora.

*Para mais informações sobre gaslighting, acesse a página Livre de Abuso.

2019-04-26T00:22:03-03:00