Thaís

A vida da Thaís recomeçou aos 31 anos.

De uma hora para outra, ela ficou doente. Começou a sentir dores fortes e passou uma semana de idas e vindas ao posto de saúde sem conseguir fazer exames e, por isso, sem um diagnóstico.

Só após um exame feito em um hospital particular, a Thaís descobriu um derrame pleural (água nos pulmões) e ficou 50 dias internada.

A Thaís saiu desse processo tão sofrido com uma única certeza: o nosso tempo deve ser usado para estar perto das pessoas que amamos. Sempre que pode, ela está cercada pelos amigos, pela família ou fazendo novas amizades por aí. Thaís é boa de conversa.

Para ela, são os momentos de maior desespero que nos ajudam a lembrar como somos pequenos dentro de um universo tão vasto. E como é curto o nosso tempo para ser desperdiçado com qualquer coisa que não seja desejar o bem.

Ela passou a valorizar cada minuto e a respeitar os próprios limites, sem deixar que eles sejam impostos por ninguém.

Thaís é uma feminista que se permite e acredita que é isso que faz dela uma mulher poderosa.

2019-04-26T00:17:18-03:00