Loading...

VOZES FEMININAS SOBRE A PANDEMIA

Por Nathália Oliveira*

Quem são as mulheres que estão falando, escrevendo, publicando e refletindo o momento atual enquanto o vivemos? Resolvi reunir três delas neste texto, dá uma olhada:

Semana passada, escrevi aqui muitos elogios à iniciativa da Anitta e da Gabriela Prioli que, durante essa quarentena, se uniram para conversar sobre política, partindo do básico, com o objetivo de atingir um público que nunca havia se interessado no assunto.

E como essa coisa de reverberar o poder feminino é meu vício e minha sina, essa semana eu trouxe três dicas de conteúdos produzidos por mulheres que refletem agora sobre o momento da pandemia ou melhor, numa espécie de live do pensamento contemporâneo, para você aproveitar o tempo livre, caso possa estar em casa, e se munir de coisas belas e úteis.

PARA LER: “O capitalismo tem seus limites”, de Judith Butler

A filósofa estadunidense publicou no dia 19 de março de 2020 um artigo no qual faz o exercício de imaginar quais serão as consequências dessa pandemia para as reflexões e ações a respeito da igualdade e da interdependência global. O texto é curto, cerca de 8 páginas, e ficou um pouco datado devido à citação que ela faz a respeito das prévias do Partido Democrata, quando o candidato Bernie Sanders ainda estava na disputa (ele a abandonou no dia 8 de abril).

No texto, Butler levanta hipóteses sobre o que acontecerá quando finalmente tivermos uma vacina eficaz contra a doença. Será que os mais ricos se sentirão confortáveis em expressar um possível desejo de pagar prioritariamente por ela, por pensarem que suas vidas valem mais que as dos outros? Será que grande parte do povo estadunidense concorda com Trump que tentou, de fato, comprar direitos exclusivos para os Estados Unidos de uma possível vacina fabricada por uma empresa alemã, financiada pelo Governo Alemão?

Ainda muito no princípio de tudo, há mais de 2 meses, a filósofa já lançava seu olhar sobre o que ainda não começamos a vivenciar. Vale a leitura. E mais: essa é uma dica dupla porque a versão em português deste artigo foi feita pela minha amiga Caro Pierro no e-book que você pode baixar gratuitamente aqui: Sopa de Wuhan.

PARA OUVIR: Entrevista de Viviane Mosé para o podcast Trip FM

No dia 04 de maio, a revista Trip publicou seu podcast com uma entrevista com a filósofa, psicanalista e poeta Viviane Mosé, em que o tema principal é especialmente pertinente para esses dias: felicidade.

No momento em que as incertezas dominam, a morte está “nos nossos calcanhares”, como diz Mosé, refletir sobre o que é felicidade é fundamental para a construção do novo normal que se estabelecerá depois da pandemia.

O que realmente é felicidade para cada um de nós? O que considerávamos felicidade até a pandemia chegar? Se manterá a mesma coisa depois que ela passar? É um bate-papo gostoso que levanta o ânimo para encarar as longas horas desta quarentena.

Você pode escutar o programa completo no Spotify ou no Youtube.

PARA VER: Economia com Monica de Bolle no Youtube

A Doutora em Economia Monica de Bolle é um nome conhecido no meio acadêmico, especialmente entre os liberais. Professora da Universidade John Hopkins, nos Estados Unidos, ela publicou pela primeira vez no seu canal no Youtube em 2018, mas até então, não tinha uma publicação periódica de conteúdo.

No início da pandemia, ela passou a publicar uma série de vídeos em que analisa a situação global atual do ponto de vista econômico. A maioria deles são lives que ela realiza para tratar de um tema específico. Não importa o quão versada você é em economia. O mais bacana desse conteúdo é que De Bolle tem uma forma didática de abordar os assuntos, dando sempre uma contextualização histórica, abordando temas básicos como “O que é moeda?” ou “Tudo o que vocês precisam saber sobre renda básica”.

Para muitas, economia pode ser um assunto chato ou complicado, mas em tempos como os que vivemos, é fundamental buscar saber o básico, aos poucos, sem medo ou vergonha de não saber. Lembra que a Anitta está ensinando a gente a se colocar no lugar de aprendiz?

Então, não deixa para amanhã não! Pega teu tempo livre e aproveita essas dicas, boba!

Nathália Oliveira vive de contar histórias e é a criadora deste projeto.

2020-06-01T21:44:48-03:00